P?gina Inicial
P?gina Principal
Dire??o do Metabase Caraj?s
Historia do Sindicato
Departamentos internos
Documentos diversos
Acordos Coletivos de Trabalho
Edi??es de Jornais e Boletins
Aceese a webmail

Não fique só, fique sócio. Sindicalize-se

 

    Bem Vindo ao site dos Metabase Carajas-PA,
:. Categoria mobilizada para iniciarmos discussões do Acordo Coletivo 2016

sem imagem

O METABASE CARAJÁS fará no início de setembro a Assembleia Geral, quando os trabalhadores decidirão a “Pauta de Reivindicações” para discussão do Acordo Coletivo 2016.
A negociação com abrangência nacional envolverá todos os sindicatos de trabalhadores na Vale em todo o País acontecerá no mês de outubro, para a data-base de 1º de novembro.

UNIDADE E MOBILIZAÇÃO

O País trabalha pela recuperação econômica na atividade das empresas e queda no número extraordinário de mais de 11 milhões de desempregados, segundo dados do IBGE.

A Vale continua com a mesma estratégia de apontar fatores que impactam seus resultados financeiros. Os trabalhadores são metralhados pela empresa com apresentações sobre os resultados do 1º e 2º semestres. Os patrões querem passar imagem de dificuldades da empresa.

Na apresentação falam em “resultado negativo” de US$ 577 milhões no 1º trimestre (destacado em vermelho) contra um “resultado positivo” de US$ 2,049 bilhões no 2º trimestre. Isto significa que o resultado do segundo trimestre é mais de cinco vezes melhor do que o do primeiro.

A Vale procura confundir os trabalhadores na divulgação dos seus resultados. Em matéria do jornal “Valor” falava em lucro de R$ 6,3 bilhões no 1º trimestre, mas na apresentação para os trabalhadores demonstrou “resultado negativo de US$ 577 milhões, depois de R$ 9.538 bilhões negativos de 2015.

Isto já é um ensaio de choradeira para enfrentar nossa campanha salarial. Vem com a velha tática. Quando não acusa dificuldade pelo preço do minério em queda, justifica com a desvalorização do dólar. Na apresentação dos resultados aos trabalhadores a empresa alerta sobre os fatores que influenciam:

1) preço dos produtos da Vale;
2) número de empregados;
3) Cotação do dólar;
4) volume de venda;
5) custo de produção;
6) aumentos salariais.

E o que temos a dizer sobre isto?

O preço do minério melhorou; o número de empregados foi detonado com demissões em massa em 2015; o dólar esteve sempre em alta (só agora o Real recupera valor); o custo de produção despencou com cortes que até dificultam as condições de trabalho, apesar dos constantes recordes; os aumentos salariais foram de ZERO%, como também foi de ZERO a PLR. Onde a empresa encontra as dificuldades para conversar com os trabalhadores depois de sacrifício?

Nossas famílias não suportam mais arrocho e devemos nos mobilizar intensamente para recuperar o valor real dos salários. É com esta disposição que iniciaremos nossa campanha salarial e devemos contar com o espírito de luta de todos os companheiros para preservamos nossos direitos e melhorar nossas condições de trabalho. Não podemos tolerar discurso dos patrões de sacrifício para “manter emprego”. Tivemos uma política de arrocho, mas sem parar as demissões em massa, e os que ficaram empregados sofrem pesadamente com perda de valor dos salários.


          

[+] Veja mais noticias              Voltar para página inicial

 


SINDICATO METABASE CARAJÁS

Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Extração de Ferro e Metais Básicos de Marabá, Parauapebas, Curionópolis e Canaã dos Carajás-PA
Rua Cinco nº198 - Cidade Nova - Parauapebas / PA
CEP: 68515-000 - Telefone.: (94) 3346-0232 - E-mail: sindicato@metabasecarajas.com.br