P?gina Principal
Dire??o do Metabase Caraj?s
Historia do Sindicato
Departamentos internos
Documentos diversos
Acordos Coletivos de Trabalho
Edi??es de Jornais e Boletins
Aceese a webmail

Não fique só, fique sócio. Sindicalize-se

 

    Bem Vindo ao site dos Metabase Carajas-PA,
Horas in itinere
Ação no TST garantiu o Direito dos Trabalhadores
sem imagem

Macarrão voltou a se reunir neste dia 5 de dezembro, em Brasília, diante do vice-presidente do TST, ministro Renato de Lacerda Paiva, acordo para homologar o Acordo Coletivo Específico que impede a Vale de acabar com os benefícios das horas in itinere e passe a remunerar os trabalhadores com o “Prêmio Assiduidade”
Com o acordo assinado ficou garantido o pagamento do “Prêmio Assiduidade”, equivalente a 110% do que era pago de horas in itinere por um prazo de dois anos e prorrogáveis por mais outros dois anos, totalizando quatro anos.

O presidente do METABASE CARAJÁS lembra que esta conquista dos trabalhadores não poderia ser prejudicada pela empresa, considerando principalmente o grande sacrifício dos longos trechos a serem percorridos até os locais ermos de trabalho, se sujeitando a todo tipo de riscos no trajeto e comendo muitas horas do descanso de cada companheiro. Não poderíamos admitir qualquer prejuízo a este direito e estamos muito felizes pela manutenção da conquista da categoria.

Horas in itinere se transformam em prêmio, com aumento de 10%

Após audiência no Tribunal Superior do Trabalho (TSE), onde o presidente do METABASE CARAJÁS, Raimundo Nonato “Macarrão” buscou o entendimento da Justiça para que a Vale mantenha o pagamento dos valores recebidos pela horas in itinere, para a empresa celebrar com o Sindicato um Acordo Coletivo de Trabalho Específico.

No documento assinado, logo em sua cláusula primeira, a empresa lembra que a Lei 13.467/2017, da “Reforma Trabalhista”, em seu art 58, § 2º, define que o pagamento de horas in itinere “deixou de ser obrigação legal”.

Para atender a exigência do Sindicato, a empresa assinou um acordo onde deixa de pagar as horas in itinere a partir de 1º de janeiro, mas passa a pagar um “Prêmio Assiduidade”, em que os valores recebidos pelos trabalhadores pelas horas in itinere continuarão sendo pagos e com um acréscimo de 10%.

CONTROLE DE ASSIDUIDADE

Algumas mudanças importantes estão sendo introduzidas e é muito importante que os trabalhadores fiquem atentos. Este “Premio Assiduidade” será pago semestralmente, de forma antecipada. Ou seja, em janeiro, os trabalhadores receberão adiantado um valor global relativo aos primeiros seis meses de 2019.

Cada trabalhador deve ficar atento a uma situação de controle, para que não torre o valor de uma vez, pois só receberá de novo daqui a seis meses. E, mais importante ainda: quando for receber o segundo semestre de 2019 adiantado, em julho próximo, serão descontadas as faltas no trabalho ocorridas no primeiro semestre. Cada falta justificada acarretará em um desconto de 1% e a falta injustificada come 5%. A falta durante a semana implica também em perda do valor no dia de descanso semanal remunerado.

O apontamento de falta corrói o prêmio assiduidade. Não serão consideradas faltas licenças médicas com mais de 15 dias e licenças garantidas pela CLT (maternidade, paternidade, acidentes do trabalho). O trabalhador precisa estar atento sobre as ocorrências que gerem falta, para, quando for receber o próximo prêmio em julho, não ser surpreendido com descontos relativos a faltas no primeiro semestre.

          

[+] Veja mais noticias              Voltar para página inicial

 


SINDICATO METABASE CARAJÁS

Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Extração de Ferro e Metais Básicos de Marabá, Parauapebas, Curionópolis e Canaã dos Carajás-PA
Rua Cinco nº198 - Cidade Nova - Parauapebas / PA
CEP: 68515-000 - Telefone.: (94) 3346-0232 - E-mail: sindicato@metabasecarajas.com.br